As cores da identidade visual de seu restaurante são um dos veículos mais incríveis através dos quais conseguimos transmitir ideias. A teoria cromática é estudada por seus efeitos comunicacionais e terapêuticos desde os gregos antigos, e é improvável que você não tenha uma cor favorita. Sendo tão onipresentes, fica fácil entender por que escolher corretamente as cores da identidade visual de seu restaurante fará uma grande diferença.

Não sabe como fazer isso? Não se preocupe — estamos aqui para te ajudar! No post de hoje, preparamos para você dicas especiais para a hora de criar a logo do seu estabelecimento. Continue a leitura e inspire-se para desenvolver a logo do seu restaurante!

Entenda a importância de um esquema cromático adequado

Quando você se decide por um produto, costuma levar em consideração a cor da embalagem? Muitos estudos indicam que algo entre 84 e 93% dos consumidores leva em consideração essa informação e a avalia no ato da compra.

Nos restaurantes em que comemos, não seria diferente — avaliamos o ambiente, o cardápio e, também  as cores, que devem ser um reflexo da identidade visual do estabelecimento.

Pense no significado das cores

Uma das disciplinas abordadas nos cursos de comunicação visual é a Teoria da Cor. Através dela, profissionais de design e publicidade aprendem um pouco mais sobre o significado de cada uma delas, e como isso influi na decisão de compra.

Em linhas gerais, a teoria não fica muito longe da prática — a escolha das cores certas para fazer parte da identidade visual do seu restaurante será, em algum momento, intuitiva.

Tons frios — como os azuis, cinzas e marrons — são sérios, conferindo ao ambiente um ar de sofisticação. Por outro lado, essas cores podem ser um tanto quanto sisudas. Tudo vai depender da proposta do seu negócio!

Tome uma decisão estratégica

Quando você decidiu abrir um restaurante, precisou fazer uma série de escolhas — da localização ao cardápio. Essas decisões foram norteadas por estudos de viabilidade, projeções de retorno do investimento realizado e preferências pessoais.

Na criação de uma identidade visual, essas escolhas vão precisar ser transmitidas através de uma logo — um esquema de cores e padrões gráficos que identificam o seu estabelecimento. A isso damos o nome de identidade visual.

Adeque as cores à proposta do ambiente

A identidade visual de um estabelecimento precisa se adequar a sua proposta tanto quanto o menu. Um restaurante francês com uma decoração e esquema de cores que não evoque o país vai, provavelmente, deixar a desejar em termos de autenticidade. Pensando nisso, um restaurante italiano que se inspire nas cores da bandeira da Itália conseguirá facilmente transportar o cliente para seu universo.

Alguns esquemas de cores tem uma relação mais forte com a indústria alimentícia — que tende a tons alegres e iluminados, como vermelhos, laranjas e amarelos. Essas cores tem o potencial de estimular o apetite e transmitir urgência e, por isso, são tão comuns nas identidades visuais de fast foods e de comidas prontas.

Identidade visual de seu restaurante

Uma boa forma de pensar as cores de um estabelecimento é se inspirar no que ele entrega — busque nos ingredientes principais de seu cardápio cores que possam transmitir o que seu estabelecimento faz de melhor!

Com ferramentas online, como o Adobe Kuler, é possível usar fotografias para criar paletas diversas — e, assim, se inspirar na hora de decidir quais delas devem ser empregadas em sua identidade visual.

Procurar os profissionais certos para lidar com esse desafio também faz toda a diferença — então, é muito importante confiar na equipe responsável pelo projeto e compartilhar suas impressões de forma honesta e clara. Assim, será possível obter os melhores resultados na criação da identidade visual de seu negócio.

E então, preparado para desenvolver a identidade visual do seu restaurante? Com nossas dicas, você fará uma uma escolha de cores certeira! Tem outras dúvidas ou sugestões sobre o assunto? Deixe seu comentário e conte pra gente!