O Trade Marketing é uma área dedicada à distribuição e relacionada à ação de maximizar as vendas, de desenvolver relações entre produtores ou prestadores de serviço e os canais de venda: varejo, atacado e distribuidor. E como em torno de 76% das decisões de compra são realizadas no ponto de venda, o Trade Marketing integra a estratégia de atender as preferências do consumidor por meio da capacitação de vendedores, adaptação de produtos e até mesmo de logística. Com as nossas 6 dicas de Trade Marketing você poderá implementá-lo na sua empresa, conquistar novos cliente e alcançar excelentes resultados.

1. Trade Marketing: defina os seus objetivos e suas metas

Identifique os pontos fortes e fracos da sua empresa e relacione-os com as oportunidades e ameaças do atual mercado. Os objetivos e metas precisam estar muito bem definidos antes de iniciar a estratégia.

O objetivo de vender mais é diferente de atrair clientes para determinado produto, apesar de serem complementares.

2. Entenda o consumidor

Como as pessoas se relacionam com o seu produto ou serviço? A resposta para esta pergunta pode fazer toda a diferença no plano estratégico. O comportamento está relacionado com a forma como as pessoas lidam racionalmente e emocionalmente no momento de compra ou de uso.

É importante estudar as nuances dos hábitos do cliente e consultar pesquisas, mas um jeito bem mais simples e prático é passar uma tarde inteira em lojas, shoppings e qualquer estabelecimento que se relaciona com o seu produto ou marca, para observar de perto como as coisas funcionam.

3. Crie canais de relacionamento

É a partir dos canais de relacionamento que se estabelece a confiança e a fidelização do cliente. Também é possível realizar pesquisas de satisfação para entender ainda mais o que gera valor e o que precisa ser melhorado.

Para definir os canais é preciso entender o público-alvo e saber como ele se comunica. Os mais jovens preferem as mídias sociais à correspondência ou contato por telefone. Dependendo do perfil do consumidor, existe espaço para todo tipo de comunicação.

4. Priorize determinadas áreas

Algumas áreas da empresa fazem mais diferença para cada tipo de consumidor. Identifique qual é a área específica do seu negócio e concentre o máximo de esforços e atenção para gerar uma grande mudança através do Trade Marketing. Para isso, você deve monitorar constantemente a entrada de clientes em seu estabelecimento e observar o que mais chama a atenção deles, as cores que mais influenciam, etc.

5. Tenha um motivo claro

Por que fazer uma promoção? Por que aumentar isso e diminuir aquilo? Tudo deve estar orientado e mensurado para gerar resultados e minimizar custos. As decisões precisam ser justificadas em torno de cálculos, métricas combinadas, análises e estudos minuciosos.

6. Negocie

Em cada negociação é possível reduzir custos e estabelecer uma relação de confiança em longo prazo. Entenda o que a outra parte (fornecedores, vendedores, parceiros, entre outros) deseja. Não se trata apenas de conseguir o seu objetivo em detrimento do outro, mas sim de cultivar uma troca benéfica para ambas as partes, garantindo uma parceria de sucesso.

Agora é hora de planejar o futuro para ser capaz de entregar mais valor para os seus clientes e produzir resultados. Fique atento aos concorrentes e busque melhorias contínuas. Gostou das nossas dicas de Trade Marketing? Quer acrescentar alguma coisa? Participe, deixando o seu comentário!