Vamos começar falando de identidade de marca, te fazendo uma pergunta: quando falamos a palavra Nike, qual a primeira coisa que vem à sua cabeça? Existem grandes possibilidades de que a resposta tenha passado por esportes, aventura ou qualidade de produtos. Essa associação direta do nome da marca com um conceito é o que chamamos de sua identidade.

O caso da Nike é um exemplo de sucesso, pois ela conseguiu definir com precisão a sua personalidade, o seu segmento de atuação e principalmente o seu diferencial perante o mercado. Isso faz com que a marca seja simples de reconhecer e que os consumidores criem uma associação direta com seu nome.

Os benefícios de criar uma identidade forte são inúmeros. Desde os tangíveis, como o aumento do valor agregado aos produtos, até os intangíveis, como a conquista da confiança e do seu consumidor. Entender e aplicar esse conceito é um passo fundamental para o crescimento de qualquer empresa.

Continue lendo este artigo e entenda melhor o que é identidade de marca e, principalmente, como construir a personalidade da sua empresa!

O que é identidade de marca?

A definição simplificada de identidade de marca é como o mercado percebe uma empresa. Essa percepção envolve o logo, cores, tipografia e design, mas também tem relação direta com a forma como ela se posiciona diante de temas polêmicos, como comunica-se com seu público e, também, como relaciona-se com as comunidades onde está inserida.

Criar uma identidade de marca forte demanda tempo e trabalho duro. Envolve um planejamento detalhado que vai desde a criação de uma comunicação visual eficiente até a construção da personalidade da marca propriamente dita, seu posicionamento, visão de mundo e de mercado.

Por onde começar?

O primeiro passo para definir a identidade da sua marca é documentar quais são as suas visões, missões e valores. Isso pode parecer clichê, mas são essas três características que nortearão os próximos passos da estratégia. Justamente por isso, dedique tempo e faça cada uma delas com muita atenção.

Escreva, de maneira resumida, qual é o papel da empresa no mundo (por que ela existe? Qual sua missão?); como ela se vê no futuro (qual a visão tem de si mesma e do mercado em 10 anos, por exemplo?); e também quais são os valores que vão reger a sua atuação nesse período para cumprir sua missão.

Invista na comunicação visual

Nesse segundo momento, é hora de definir quais serão as cores da sua empresa, o logo, o slogan e também os materiais que serão produzidos para que a identidade da marca seja reforçada. Algumas possibilidades de produção nesse primeiro momento são:

Papelaria

Isso envolve papéis timbrados com a marca, cartões de visita para diretores e representantes, catálogos promocionais, panfletos e cartazes.

Comunicação virtual

Assinatura de e-mail, criação de um website, blog e páginas de redes sociais. Aqui é importante seguir um padrão para que o público reconheça a sua marca nas diferentes plataformas.

Sinalização interna

É muito importante que a sua empresa esteja bem sinalizada para criar um ambiente favorável ao fortalecimento da marca para o público interno. Invista em placas e sinalizações desde a recepção da empresa até os banheiros e diferentes setores.

Sinalização externa

Personalize os carros da empresa com as cores e o logo, invista na fachada, tanto do escritório quanto da fábrica. Essas ações ajudam a fortalecer a identidade com o público interno e com a comunidade onde ela está inserida.

Embalagens

Por último, mas não menos importante: as embalagens. Elas devem ser muito bem feitas e bem personalizadas. Devem carregar consigo a identidade e o ideal da marca. Afinal, ali dentro vão as razões da sua empresa existir! Portanto, nada de economizar nesse aspecto!

A importância da Brand Persona

Hoje em dia se fala muito na criação de uma Buyer Persona — a personificação fictícia do consumidor ideal de uma empresa. Ela também é muito importante, claro, mas para que uma marca consiga posicionar-se no ambiente digital de maneira bem-sucedida, é fundamental criar uma Brand Persona.

Assim como a primeira, essa também é uma personificação, mas dessa vez da sua marca. Para fazer isso, responda às seguintes perguntas: se sua marca fosse uma pessoa, como seria? Como falaria? Quais seriam seus desafios pessoais? Aspirações? Medos? Com quem ela gostaria de comunicar-se?

Essas respostas devem gerar um personagem: a baliza para toda a sua comunicação. É importante ter certa flexibilidade para adaptar-se às mudanças no mercado e no mundo em geral, mas também é fundamental entender que uma personalidade forte gera mais resultados e cria um público fiel.

O que esperar de uma identidade de marca forte?

A partir do momento em que uma marca consegue criar uma identidade forte, é possível esperar alguns resultados extremamente positivos. Eles podem servir, também, para que a sua equipe de marketing consiga determinar se a estratégia está ou não sendo bem-sucedida.

  • Criar uma diferenciação dos seus competidores: o público passa a enxergar sua marca de maneira específica, com destaque dentro do segmento;
  • Brand Awereness: termo em inglês que representa a capacidade de uma marca de ser lembrada. Sua marca presente na memória do público;
  • Empregados motivados: a identidade da marca também funciona como um importante motivador para o público interno, simplesmente porque é bom trabalhar para uma empresa que sabe quem é, como se comunica e principalmente aonde quer chegar;
  • Formação de um público crítico: esse aspecto é positivo, por mais que não pareça. Quando sua marca define sua personalidade e age de acordo com ela, as pessoas responde de maneira positiva ou negativa. Mas o mais importante é que o público se engaja com as comunicações e participa ativamente das discussões (um verdadeiro desafio para qualquer marca!).

Além desses, também é possível esperar um retorno sobre os investimentos. Com o aumento das vendas, conquistando a preferência dos consumidores finais e consequentemente uma maior fatia de mercado e, finalmente, gerando credibilidade com os interlocutores (desde fornecedores até os consumidores).

Como falamos no início desse artigo, criar uma identidade de marca forte requer muito trabalho e investimentos. Mas os retornos tangíveis e intangíveis certamente fazem todo esse trabalho valer a pena! E mais, os resultados não são imediatos, mas tampouco são perecíveis. Eles duram muito!

E você, já adotou alguma ação para fortalecer a marca da sua empresa? Teve bons resultados? Conte para a gente nos comentários!